Liberdade é só um outro modo de dizer que não há nada a perder ; Janis Joplin

sábado, 10 de abril de 2010

             Preconceitos ou sonhos?

 Simplesmente, eu não entendo a vida. Não a vida propriamente dita, mas o que a capacidade humana vive a torna. Por que não podemos fazer de conta que o que realmente interessa é a si próprio? Que cada um possui, possivelmente em um particular, o domínio sobre as escolhas que circundam o ao nosso redor? São perguntas que nunca passarão disso, o máximo alcançado serão apenas situações incomuns.
Eu não me acostumo. Nem pretendo. A verdadeira felicidade consiste no que penso incondicionalmente e, não no que os outros querem que eu pense. Faço as minhas escolhas pensando em mim, são apenas suposições, e o preconceito já não me afeta mais. È a minha vida, faço o que bem entendo dela.
Mas, e ai? Os preconceitos ou seus sonhos? Eu? Nem precisa perguntar. Faço e amo karatê, mas nem por causa disso deixo de ser feminina!
                aaaaah! às vezes a hipocrisia humana é algo absurdo mesmo.

5 Comentários:

Bela Lima disse...

Cada tem tem sua forma de viver, seu jeito de ser feliz, sim, a hipocrisia é detestável!
Amei o post!

*~A Mel_ disse...

Oii! Gostei do post
Bem sincero, isso é fundamental ^^

Ja fiz Karate qndo mais jovem(ñ que eu teja velha :B), e nem por isso deixei de ser feminina tbmm

visita meu blog?
tou te seguindo bjuuss, gostei do teu ^^

Mariana Leal disse...

concordo com cada virgula,adorei

Luana Pagung disse...

É isso mesmo, preconceito é coisa de gente com mente pequena.

Seja quem você é! e ponto.

;**

Luana Pagung disse...

Achei super bacana o seu selinho de "não ao plágio"
tudo bem se eu colocá-lo no meu blog? ou isso seria plagio? hehehehe

Beijoo, Alanna ;**